Treinamentos

image

Curso Implantação e Controles no Ativo Imobilizado

06Regras Básicas – NBC TG 1.000 e ITG 1.000 e Reflexos Fiscais. Inovações aos profissionais da contabilidade e demais gestores. Fornecimento de dados essenciais aos gestores para a tomada de decisões. Métodos de Depreciação. Taxas Médias Fiscais.

Datas/Cidades:

02   de Setembro  de 2019 (segunda-feira)  –  Curitiba PR  

14  de Setembro  de 2019  (sábado)  – Porto Alegre RS

21  de  Setembro  de 2019 (sábado) – Salvador BA 

28 de  Setembro de 2019 (sábado) – São Luís MA 

05  de  Outubro de 2019 (sábado) – Maceió AL

23 de  Outubro de 2019 (quarta-feira) – Cuiabá MT 

18  de Outubro  de 2019 (sexta-feira)  –  Goiânia GO

08  de   Novembro  de 2019   (sexta-feira) São Paulo SP 

22  de   Novembro  de 2019    (sexta-feira)  –  Curitiba PR 

30  de  Outubro de 2019   (quarta-feira)  –  Recife PE

31  de  Outubro de 2019 (quinta-feira)   –  Natal  RN 

Carga horária:  08h/aula

Horário: 08h30 às 12h e das 13h às 18h  – Turmas abertas.

– In Company

Contate-nos e solicite uma proposta. Confira as vantagens e economia  para realizar o curso na empresa, para toda a equipe de colaboradores: inscricao@facioeventos.com.br

 

 –  Fazemos Consultoria Preventiva e Corretiva. 

Créditos tributários da própria empresa, passíveis de recuperação. Formas de Recuperação. Análise dos créditos tributários para compensação dos tributos. Créditos tributários como fonte de geração de caixa. Solicite Contato para o consultor fazer uma avaliação prévia e online.

Apresentação

Material Didático:  conteúdo estruturado em módulos, legislação agregada e materiais de apoio (apostila, livreto. WEB e CD/DVD-Rom).

  1. Material Extra em DVD-Rom:

¬    Normas e Textos Legais em Destaque;

¬ Guia de lançamentos contábeis e reflexos em ações no imobilizado;

¬    Planilhas Excel associadas aos temas;

¬    Breves estudos e comentários.;

¬    Modelos de documentos (controles, normas, inventários e outros).

Metodologia: aula expositiva e interativa, com o uso de equipamentos e ferramentas adequadas (slides, planilhas, aplicativos da RFB e outros) e avaliação intermodular (exemplos, casos, perguntas e respostas).

Público: área contábil, gestores tributaristas e demais profissionais.

Objetivo: conhecimento, atualização, gerenciamento e tomada de decisões.

Carga horária:   08hs presencial e plantão de dúvidas (e-mail ou skype).

Conteúdo Programático

  1. Introdutório e Conceitual:

¬    Normas e Textos Legais em Destaque:

Ÿ    CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis de Nºs 27, 18, 04, 06, 01 e 31 e Seções do CPC PME (17, 14, 18 e 20);

Ÿ    NBC TG 1.000, ITG 1.000, Lei nº 12.973/2014 e IN RFB nº 1.515/2014.

¬    Visão Geral – Conceitos e Novidades:

Inovações aos profissionais da contabilidade e demais gestores;

ŸRevisão e introdução de novos conceitos e filosofias corporativas;

Disponibilização de Informações:   dados, projetos e outras informações que permitam ao profissional o correto direcionamento contábil;

Fornecimento de dados essenciais aos gestores para a tomada de decisões;

CPCs X Lei nº 12.973/2014 X IN RFB nº 1.515/2014;

ŸDestaque dos CPCs relacionados e as regras aprovadas pelo CFC ou pelas agências da qual a entidade se submete;

Principais fatos e controles esperados na fase de transição (RTT);

Pontos em análise na Lei nº 12.973/2014 e IN RFB nº 1.515/2014.

  1. Ativo Imobilizado:

¬    Comentários Adicionais

Investimentos em bens do ativo (gerar ou administrar as riquezas), obrigatoriedade ou opção?;

Efeitos esperados na “retração” de investimentos, ou na falta de controle dos ativos;

Vida Útil Econômica e Métodos de Depreciação nos Parâmetros Fiscais X Realidades Corporativas;

Aplicabilidade dos Bens nas Entidades:    empresas, entidades públicas, terceiro setor, pequenos negócios e outras;

Visão Fiscal X Novas Regras Contábeis.

¬    Sobre os Bens do Imobilizado:

Definições e novos conceitos;

Classificação geral dos bens (espécie, tipo, unidades de negócio, etc.),

Classificação Quanto a Posse: bens próprios, bens de terceiros (comodato, leasing) e benfeitorias em propriedade de terceiros;

ŸQuadro geral de bens (principal e agregados) de acordo com perfil da entidade.

¬    Regras e Condições no Reconhecimento dos Bens do Imobilizado:

ŸIdentificação no Reconhecimento Inicial: elementos comprobatórios na viabilidade de projeto, vida útil econômica (VUE) e fruição de benefícios econômicos;

ŸBens Agregados e Gastos na Instalação: tais como componentes, preparo do local e outros;

ŸBens produzidos internamente, bens recebidos em processos de agrupamentos societários e casos de conjunto de bens (Kits);

Demais Situações: bens de pequeno valor, bens de curta duração, reservas técnicas, peças sobressalentes e outras.

¬    Mensuração Inicial na Aquisição de Bens do Ativo:

Ÿ Definição de valores no custo de aquisição ou de construção do bem;

ŸAnálise e tratamento contábil dos valores constantes no documento fiscal ou equivalente;

ŸElementos a considerar para a estimativa de valor residual final e revisões ao longo da vida útil;

ŸRegras e condições para bens adquiridos em modalidades diferentes de “compra” (doação, dação, permuta, valor justo, custo atribuído e itens de acervos).

¬    Realização dos Bens do Ativo Imobilizado – Depreciação:

ŸBens a depreciar e tratamento esperado em períodos de sazonalidade

ŸTaxas Médias Fiscais (normal e acelerada) X Taxas amparadas por laudos;

Ÿ  Bens em condições especiais (usados, leasing, comodato, atividade rural, descontinuados) e os decorrentes de projetos de modernização;

Métodos de Depreciação:  análise, cálculos e comparativos (linear, cole, percentagem constante, exponencial, unidades produzidas e horas trabalhadas);

Formas de controle e reflexos das diferenças entre a depreciação societária e depreciação fiscal.

¬    Controle dos Bens do Ativo Imobilizado:

Ÿ Regras Básicas nos Controles:  identificação, localização, unidades de negócio e condições físicas atuais;

Regras Mercadológicas Atribuídas ao Bem:  percentual da realização em custos (CPV, CSP, CMV);

ŸAdoção de Políticas Internas:  orçamentos, capitalização, uso, termos de responsabilidade, períodos de manutenção periódica, regras para a baixa e demais situações;

Regras básicas na elaboração de normas.

¬    Alterações Esperadas aos Bens do Ativo:

Manutenção, reformas, troca de partes e peças e novas funcionalidades;

ŸRevisão da vida útil econômica, métodos de depreciação e valor residual final;

ŸPerda de funcionalidade e baixa pelo desuso.

¬    Teste de Recuperação no Ativo Imobilizado:

Considerações, formas de cálculo, uso prático em decisões gerenciais;

ŸDeterminação do valor recuperável (valor líquido de venda X valor em uso);

ŸAnálise e projeção de fluxos de caixa futuros (estimativas distorções econômicas esperadas e eventuais elementos especulativos);

Comparação entre elementos:  análise das principais ações ou ausência destas que possam alterar o valor a ser determinado (venda ou uso);

Reconhecimento dos ajustes:  fluxo contábil (conta, histórico, reversões);

Ÿ    Alterações esperadas (vida útil, depreciação, continuidade ou não), novos controles no processo e a divulgação em notas.

¬    Validando os Itens Patrimoniais:

Ÿ    Inventário físico no levantamento, comparativo físico x contábil, tratamento das diferenças;

Ÿ    Identificação de bens em desuso e destino final (transferência para circulante, baixa, doação e outras situações);

Ÿ    Elementos na divulgação em notas explicativas.

¬    Reflexos Contábeis e Fiscais:

Ÿ    Fluxo Contábil:      registro contábil e mapeamento ECD e ECF;

Ÿ    Fluxo Fiscal – EFD Contribuições em relação aos créditos não cumulativos e registros no aproveitamento;

Ÿ    Fluxo Fiscal – ECF: apuração da base do IRPJ e CSLL, ajustes e-lalur / e-lacs, contas e subcontas e demais informações.

  1. Contratos de Arrendamento Mercantil:

¬    Breve relato sobre arrendamento mercantil (financeiro e operacional) e depreciação;

¬    Tratamento contábil (ECD) e ECF (mapeamento e ajustes no e-lalur / e-lacs);

¬    Divulgação em notas explicativas e tomada de decisões.

Instrutor: Equipe Técnica Facio treinamentos.

  • Consultor Empresarial na área contábil Tributária  há 20 anos, em empresas no segmento de indústria, comércio e serviços.
  • Especialista em Inteligência Fiscal na elaboração de rotinas eletrônicas na validação e confronto.
  • Contador, Economista, Especialização em Contabilidade Internacional; Especialização em Tributos  Federais e Contabilidade;
  • Especialização em Contabilidade Internacional (Universidade La Salle de Sud América) e Contabilidade Tributária.
  • Especialista em Inteligência Fiscal na elaboração de rotinas eletrônicas na validação e confronto.
  • Cargos Ocupados: Contador, Consultor Especialista, Instrutor de Treinamentos Empresariais, Editor de Obras (Contábeis e Tributárias) em empresas multinacionais nos setores de indústria metalúrgica, comércio e serviços em operações no Brasil e no Exterior (Brasil, Chile, Estados Unidos, Portugal e Alemanha).
  • Instrutor de treinamentos na área Contábil Tributária, em todo o Brasil há 20 anos. Pela a Facio e Treinamentos desde 2006 na região Sul e SP, com excelente avaliação em todos os treinamentos.

Programação do evento

– Horário: 08h30  às 18h – Carga Horária: 08h/aula
– Recepção e Entrega do material: A partir das 08h

  • 08h30    Início do curso
  • 10h  Coffee Break
  • 12h Intervalo para Almoço
  • 13h  Retorno para o do treinamento
  • 15h30  Coffee Break
  • 18h Encerramento do treinamento.

Inclui: Material didático e de apoio,  Coffee break e Certificado de participação.

Investimento Normal:   R$ 1.298,00 Com desconto para inscrições antecipadas.
Inscrições confirmadas até 15/08/19 = R$ 998,00
Inscrições confirmadas de 16/08/19 a 30/08/19 = R$ 1.098,00
Inscrições confirmadas após 30/08/19 Valor normal = R$ 1.298,00

Desconto para mais de uma inscrição: 5% para 02; 10% para 03 e para 04 ou mais inscrições 20%.

Para grupos e in company Contate-nos e confira as vantagens. E-mail: inscricao@facioeventos.com.br

Forma de pagamento: Boleto Bancário e e-NF direto pela Facio Treinamentos, vai por E-mail. Cartão de Crédito (parcelado) via PagSeguro .

PARA INSCRIÇÃO:

Via E-mail: inscricao@facioeventos.com.br
Se  for para Pessoa Jurídica é necessário informar o CNPJ para emissão do faturamento; contato do responsável pela inscrição e  nome completo e e-mail dos participantes.  Retornamos confirmando o recebimento, com os detalhes do local de realização e  Boleto e e-NF para pagamento.

Se o faturamento for para Pessoa Física é necessário informar: Nome, Endereço e CPF para emissão do faturamento; Também, o contato nº Telefone/Celular.
E-mail: inscricao@facioeventos.com.br

Retornamos confirmando o recebimento e para combinar os detalhes sobre o vencimento/pagamento e do local de realização.

Mais Informações:

E-mail: inscricao@facioeventos.com.br 

Fone: (41)  3015-4154 

In Company

Contate-nos e solicite uma proposta. Confira as vantagens e economia  para realizar o curso na empresa, para toda a equipe de colaboradores: inscricao@facioeventos.com.br

O Treinamento é aberto e depende de adesão/inscrições e quórum mínimo para a realização.

A confirmação do treinamento ocorrerá em até três dias da data  de realização (salvo imprevisto de força maior), podendo em muitos casos ocorrer antes, assim que atingir o quórum mínimo.
Em caso de cancelamento por iniciativa da Facio Treinamentos, todo o valor pago será integralmente devolvido. Para quem depende de viagem, gentileza não providenciar sem a confirmação da realização e informar no ato da inscrição, para o devido cuidados na informações informações sobre a realização.
Em razão de quórum mínimo necessário para a realização dos Cursos programados, a Facio Treinamentos se reserva no direito de prorrogar ou cancelar o evento, sendo informado aos inscritos.

A Facio

Saiba mais sobre a empresa

A Empresa

Profissionalize-se

Aumente o seu valor de mercado

Organize-se

Veja o nosso calendário de cursos